Municípios

Pilar implanta medidas de prevenção à Covid-19 e amplia linha de crédito


Redação
Fonte: Ascom AMA

26/02/2021 15h36

Por conta da confirmação da nova variante do coronavírus em Alagoas, o prefeito do Pilar, Renato Filho, decidiu adotar uma série de medidas preventivas e de suporte para que o novo plano de segurança tenha o mesmo êxito.

Entre as medidas estão a volta da operação Combate, que sanitiza e higieniza ruas, praças, fachadas das residências e prédios públicos. E o programa Pilar em Ação, que cuida dos terrenos baldios da cidade, ganhou o reforço de novas equipes.

Sem restrição ao comércio

Mesmo com a nova variante do coronavírus confirmada em Viçosa, que fica no corredor de passagem pelo Pilar, o prefeito decidiu não adotar medidas restritivas para atingir o comércio e o convívio familiar, mas as atividades de entretenimento passarão por um reordenamento e monitoramento. “Essas medidas são para assegurar o direito e a proteção da vida de cada um de nós. Apesar das medidas protetivas estaremos ampliando a capacidade de atendimento no Hospital Nossa Senhora de Lourdes, que tem adotado o mesmo protocolo das unidades de saúde particulares da capital. Como medida de suporte às famílias e ao comércio, determinei a inclusão de mais beneficiários nos programas Prato Cheio e Bolsa Viva Bem, que passa a atender 3300 pessoas, com R$ 100 todos os meses, pagos rigorosamente em dia”, explica o prefeito.

Fortalecimento da economia local

Como o Pilar tem um banco, criado na gestão de Renato Filho para oferecer crédito aos pequenos comerciantes ou aos que desejam abrir o próprio negócio, o prefeito autorizou a ampliação de credito no Banco do Povo, justamente para que os comerciantes tenham acesso ao crédito, com taxas baixíssimas, beirando a zero. “Como prefeito, como cidadão, que tem a responsabilidade de cuidar da vida de todos os pilarenses, preciso contar com a colaboração de cada um. É necessário que continuemos usando máscaras, álcool em gel e que respeitemos o distanciamento de pelo menos um metro e meio de outra pessoa”, pede o prefeito.

 

 



Compartilhe