Geral

Anúncio do novo decreto estadual deve ser feito nesta terça (13)


Redação
Fonte: Jornal de Alagoas

12/04/2021 15h50

O Governo do Estado se reúne nesta segunda-feira (12) com a Secretaria de Saúde de Alagoas (Sesau) para avaliar os números de infecção de covid-19 nos últimos 14 dias, do decreto vigente, e discutir as medidas que deverão ser adotadas no novo decreto estadual de isolamento social.

Os órgãos avaliarão o nível de ocupação de leitos de UTI, que ainda está elevado – 87% no total -, assim como o número de óbitos, que vem se mantendo numa média diária de 20 mortes.

Segundo o jornalista Ricardo Mota, é previsto para esta terça-feira (13) o anúncio do novo decreto estadual, tradicionalmente feito em coletiva de imprensa pelo governador Renan Filho.  Ainda segundo o jornalista, as novas medidas restritivas não devem ter mudanças significativas.

Apenas o setor de bares e restaurantes, que têm apresentado um controle maior dos protocolos sanitários na avaliação do governo, é que deve ganhar algum avanço nos horários de funcionamento. 

Mas o toque de recolher, assim como o fechamento das praias no final de semana, são restrições que devem ser mantidas.

Apelo dos empresários

Na última atualização do decreto estadual, o setor de bares e restaurantes voltaram a ter sua abertura autorizada, com redução de horário de funcionamento. Porém alguns empresários questionam e problematizam  a decisão do governo, que obriga os estabelecimentos a fechar as portas às 16 h.

Em vídeo, publicado nas redes sociais, alguns empresários de Alagoas solicitam por uma revisão do decreto, para que, assim, os locais funcionem em horário comercial.

Segundo os empresários, a abertura até as 16h não é suficiente para manter os estabelecimentos funcionando e, por isso, pode haver um número maior de demitidos, agravando a crise econômica em Alagoas.

Eles explicam que alguns estabelecimentos funcionam apenas à noite, o que dificulta a abertura de muitos deles dentro do horário permitido pelo decreto.

 



Compartilhe